Blockchain deve acabar com trapaças na competição mundial de xadrez

  • por

O Torneio de Xadrez de 2020 em Ekaterinburg, Rússia, foi adiado devido ao coronavírus, mas os organizadores já estão olhando para o futuro e como a blockchain pode impulsionar o esporte.

O torneio colocou oito mestres uns contra os outros pelo direito de enfrentar o campeão mundial Magnus Carlsen, mas teve que ser interrompido após sete rodadas, quando surgiram notícias de que a Rússia estava prestes a suspender indefinidamente os vôos internacionais.

A World Chess disse ao Cointelegraph que estava examinando partidas online e introduzindo a tecnologia blockchain.

Oportunidade para o xadrez

Ilya Merenzon, CEO da World Chess, organizadora do torneio e parceira comercial oficial da Federação Internacional de Xadrez (FIDE), disse ao Cointelegraph que o xadrez estava excepcionalmente bem posicionado para prosperar durante a pandemia:

“Ao contrário de outros esportes, o xadrez pode ser jogado com a mesma emoção offline e online. Isso é algo que o diferencia de todos os outros esportes importantes. Na ausência de outros grandes eventos esportivos, o Torneio recebeu uma cobertura sem precedentes da imprensa desta vez.”

Embora considerado um jogo de cavalheiros, trapacear ainda é um problema no xadrez. Pode assumir várias formas – desde pausas estratégicas no banheiro, a criação de registros fictícios de jogos que nunca aconteceram ou a ajuda de mecanismos digitais para jogar online.

“Mecanismo anti-trapaça” baseado em blockchain

Merenzon acredita que a tecnologia blockchain pode ajudar a identificar e impedir esse comportamento antidesportivo:

“Estamos trabalhando no mecanismo anti-trapaça que pode registrar mais de cem pontos de dados para cada jogada – seu carimbo de data / hora, biometria dos jogadores, avaliação do mecanismo de xadrez, etc. Armazenar esses dados no banco de dados descentralizado faria muito sentido”

De acordo com Merenzon, a Algorand e a World Chess têm trabalhado nos últimos meses no projeto que “deve ser lançado em algumas semanas”.

O Torneio de Candidatos 2020 se reunirá mais tarde, quando a situação se tornar menos volátil. A partida para o título mundial está marcada para novembro.

Fonte: https://cointelegraph.com.br/news/blockchain-set-to-stamp-out-cheating-in-world-chess-competition

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 3 =