Donos da Investimento Bitcoin estão foragidos nos EUA, revela reportagem da Record

Uma reportagem exibida no Cidade Alerta no dia 04 de julho mostrou os integrantes do golpe 123 Importados.

Trata-se de um grupo que vendia televisores e não entregava, ficando com o dinheiro das vítimas.

Entretanto, isso não foi tudo. A reportagem revelou ainda que os donos da 123 Importados são também donos da Investimento Bitcoin.

Donos da Investimento Bitcoin fugiram para os EUA

A 123 Importados é um esquema que vendia televisores de 50 polegadas, afirmando ter uma parceria com a B2W (empresa por trás da Lojas Americanas).

Contudo, clientes eram surpreendidos ao descobrir que os aparelhos não seriam entregues. O dinheiro era recebido à vista pelos donos do negócio.

Sobre os donos do esquema, tratam-se de dois casais. O primeiro é Henrique Junior e Maíra Massambani, conforme afirmou Celso Russomanno na reportagem.

Este casal já possui outros esquemas semelhantes em sua história, lesando outras vítimas anteriormente.

O segundo casal, porém, chama mais atenção. Roberto Tersário e Adriana Vieira também já possuíam outros esquemas deste tipo em seus antecedentes.

O adicional é que Tersário e Vieira também são donos da Investimento Bitcoin, conforme afirma Russomanno.

Ademais, o casal está foragido nos Estados Unidos, ostentando fotos de roupas de marca e carros de luxo em suas redes sociais.

A Investimento Bitcoin é uma suposta pirâmide financeira que lesou diversos clientes, prometendo ganhos de 1% a 1,5% ao dia.

Todavia, como muitas empresas semelhantes, interromperam os pagamentos de seus clientes e desapareceram.

Sobre a Record noticiar sobre a Investimento Bitcoin, há uma ironia.

Record promoveu Investimento Bitcoin

Russomanno fala repetidas vezes que a veiculação da 123 Importados em redes sociais e emissoras de televisão conferiu credibilidade ao golpe.

Porém, a Record promoveu mais de uma vez a Investimento Bitcoin.

A emissora, junto com a Band, foi até mesmo processada por promover a suposta pirâmide financeira.

Embora não tenha sido condenada, a emissora deu credibilidade ao esquema, segundo argumento usado por Russomanno.

Inclusive, no processo movido contra as emissoras, a autoria afirma que nunca teria investido se as emissoras não tivessem promovido.

Assim sendo, o argumento usado sobre a publicidade dar respaldo a negócios que lesaram pessoas pela própria Record carrega certo tom de ironia.

Fonte:https://www.criptofacil.com/donos-investimento-bitcoin-estao-foragidos-nos-eua-revela-reportagem-record/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=social&utm_campaign=facebook

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 1 =