Governo argentino ensina como comprar criptomoedas

O governo argentino começou a dar os primeiros passos no mercado cripto e preparou um guia para iniciantes na compra e comercialização de criptomoedas. 

Enquanto a taxa de inflação no país ainda é uma das mais altas no mundo, a Argentina disponibiliza um guia sobre criptomoedas. 

O guia “o que são criptomoedas”, está disponível na página oficial do Ministério da Justiça e Direitos Humanos do governo, conforme reportou o Cryptonews.

O governo ensina sobre como os mineiros validam transações de criptomoedas em redes blockchains e fala sobre alguns dos tokens mais populares, como bitcoin e ethereum

O governo incentiva a compra das criptomoedas nas exchanges mais conhecidas como Ripio, Binance e Cryptomkt, que são registradas e exigem uma conta bancária vinculada. 

Mas, em seguida, sugere que se pode comprar criptomoedas de outras pessoas ou de plataforma P2P, como “localbitcoins.com”. 

O guia termina com algumas dicas sobre como manter suas criptomoedas segura, incluindo dica de proteção por senha e uso de aplicativos. 

A mudança ocorre alguns meses depois que o governo impôs uma taxa fixa de 15% de imposto sobre as transações realizadas com criptomoedas. 

De acordo com a Forbes, a Argentina  e África do Sul são países que ficam empatados, e em ambos, cerca de 16% da população adulta compra criptomoedas. advertise on this website

Principalmente para fugir da própria moeda e manter alguma reserva de valor. O governo incentiva o uso do bitcoin.

Com a crise causada pela pandemia do novo coronavírus, a Argentina também se endividou, por mais que o país foi bem avaliado no combate ao vírus, analistas estão preocupados com os sinais da fragilidade econômica do país. 

O índice de preços ao consumidor na Argentina aumentou 2,2% em junho em relação a maio e acumulou desde janeiro um aumento de 13,6%, em meio ao forte freio à atividade econômica causada pelo coronavírus.

Fonte:https://criptonizando.com/2020/08/16/governo-argentino-ensina-como-comprar-criptomoedas%e2%80%8b/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + 13 =