Preço do Bitcoin pode testar R$ 70 mil ao aproximar de topo histórico, segundo analista do Mercado Bitcoin

Uma análise sobre o desempenho da cotação do Bitcoin no mercado indica uma aproximação do topo histórico de preço, registrado no final de 2017. Dessa forma, com a alta do dólar e a valorização do BTC, no Brasil a criptomoeda pode testar R$ 70 mil em breve, segundo análise da exchange Mercado Bitcoin.

Assim, publicada no Criptográfico desta última terça-feira (13), a análise sobre o preço do Bitcoin espera uma aproximação de R$ 70 mil logo após a criptomoeda romper o topo histórico de 2020, em cerca de R$ 68 mil.

De acordo com o analista Thales Inada do Mercado Bitcoin, o preço do BTC no Brasil está acompanhando o valor da criptomoeda em dólares. Além disso, a análise sugere que uma resistência foi rompida, com a recente valorização do preço do Bitcoin.

Preço do Bitcoin

O Bitcoin rompeu uma lateralização recentemente que fez a criptomoeda se aproximar do recorde histórico de preço no Brasil, com a desvalorização do real perante o dólar.

Desse modo, o preço do Bitcoin está mais próximo de quebrar recorde histórico no par de negociação BTC/BRL do que no BTC/USD. Segundo a análise publicada pelo Mercado Bitcoin, a criptomoeda deverá se aproximar de R$ 70 mil se manter o desempenho atual.

No entanto, antes de quebrar o recorde histórico de 2017, o preço do Bitcoin ainda deverá enfrentar a máxima de 2020, momento em que a criptomoeda foi cotada em cerca de R$ 68 mil.

“Devido a proximidade deste topo nos R$ 68.000 é possível inclusive testarmos o topo histórico em reais, por volta dos R$ 70.000.”

O “Criptográfico” apresentado pelo Mercado Bitcoin aponta que a variação de preço do dólar perante o real não impediu a criptomoeda de manter uma sincronia entre os pares BTC/USD e BTC/BRL.

“Mesmo com a alta volatilidade do dólar, o BTCBRL está em sincronia com o BTCUSD. Também rompemos a resistência baseada no fundo da congestão anterior e agora já podemos buscar o topo do ano.”


Gráfico mostra preço do Bitcoin em reais (Reprodução/Mercado Bitcoin)

Menos de 10%

O preço do Bitcoin bateu recorde histórico nos pares BTC/BRL e BTC/USD no final de 2017. Naquele ano, a criptomoeda foi cotada em cerca de R$ 69.500 no Brasil, com um dólar bem abaixo da cotação praticada atualmente pelo mercado.

Assim, a cotação do dólar influencia diretamente no preço do Bitcoin no mercado brasileiro. De acordo com a análise do Mercado Bitcoin, faltam menos de 10% para o BTC quebrar recorde no Brasil.

“No gráfico semanal podemos ver mais nitidamente como estamos bem próximos da máxima histórica em reais. Menos de 10%.”

A análise ainda diz que o Bitcoin precisa de manter o preço do dólar alinhado com o desempenho da criptomoeda no mercado para que o recorde brasileiro seja quebrado. Nesse caso, se o dólar cair para R$ 5,35, por exemplo, o BTC precisa de ser mantido acima de US$ 13.000, para assim ultrapassar R$ 70 mil.

“Então pensando de forma mais conservadora, caso o dólar corrija para a casa dos R$ 5,35, precisamos que o BTCUSD busque os USD 13.000 para marcarmos uma nova máxima em reais.”

Criptomoeda pode cair

O Mercado Bitcoin apresentou uma análise otimista para o preço do Bitcoin no Criptográfico desta terça (13), afirmando que a criptomoeda pode se aproximar de um “topo histórico”.

Por outro lado, a mesma análise atesta que a volatilidade de preço pode continuar acompanhando o Bitcoin. No que foi chamado de “correção imediata”, o analista Thales Inada observa que mesmo assim a máxima histórica ainda pode ser atingida após essa suposta queda.

“Alguma correção intermediária pode ocorrer neste meio tempo, mas com certeza podemos marcar uma nova máxima histórica em breve.”

Enquanto isso, uma simples correção pode ser reverter o preço do Bitcoin, fazendo com que a criptomoeda caia no mercado ao invés de continuar uma onda de valorização.

Nesse caso, a análise do Mercado Bitcoin observa que existe um importante suporte que pode indicar que a onda de valorização foi invertida, caso o BTC volte a ser cotado abaixo de R$ 62 mil.

“Devemos tomar cuidado apenas se perdermos o suporte dos R$ 62.000, pois nesse caso confirmaremos um topo mais baixo do que o topo do ano.”

Fonte: https://cointelegraph.com.br/news/bitcoin-price-could-test-r-70-000-as-it-approaches-historic-top
Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 9 =