Capitalização de mercado do Bitcoin chega a novo recorde e supera o JPMorgan com US$ 352 bilhões

Em meio à atual corrida de alta, o Bitcoin (BTC) está quebrando outro marco importante de capitalização de mercado em relação ao gigante bancário americano JPMorgan.

Em 24 de novembro, o Bitcoin ultrapassou a marca de US$ 19.000 pela primeira vez desde dezembro de 2017, quebrando outro recorde histórico em sua capitalização de mercado.

No momento da publicação, o valor de mercado do Bitcoin é de US$ 352 bilhões, acima dos US$ 345 bilhões de 24 horas atrás.

De acordo com dados da Macro Trends, a capitalização de mercado do JPMorgan fechou em US$ 349 bilhões em 23 de novembro. No início deste ano, a capitalização de mercado do JPMorgan caiu tão baixo quanto US$ 258 bilhões.

Capitalização de mercado de todos os tempos do Bitcoin. Fonte: CoinMarketCap

O CEO da empresa, Jamie Dimon, surgiu como um crítico proeminente do Bitcoin, chamando a principal criptomoeda de “fraude” e “golpe” em 2017.

Dimon não mudou sua postura negativa em relação ao BTC, apesar da crescente corrida em alta e de grandes empresas como o PayPal adotando o Bitcoin. No DealBook Online Summit do New York Times em 18 de novembro, Dimon comparou a criptomoeda a redes proprietárias de blockchain com controles regulatórios, afirmando: “Bitcoin é um pouco diferente e não é para mim.”

Apesar do ceticismo de seu CEO em relação ao Bitcoin, em outubro de 2020, o JPMorgan disse aos investidores que “o potencial de alta a longo prazo para o Bitcoin é considerável”, sugerindo que o preço do BTC dobraria ou triplicaria no longo prazo.

Fonte: Capitalização de mercado do Bitcoin chega a novo recorde e supera o JPMorgan com US$ 352 bilhões (cointelegraph.com.br)

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =