Chainlink valoriza 14% e pode romper os R$ 100, indica analista

  • por

A Chainlink (LINK) foi celebridade em agosto deste ano, quando quase tocou os US$ 20.

Com a recente alta do Bitcoin e altcoins, a LINK já soma 14% de ganhos em 7 dias. Ao todo, cerca de 87% dos endereços da altcoin estão lucrando.

Um trader publicou que a LINK pode romper os R$ 100, segundo suas projeções gráficas.

Chainlink pode disparar

No momento da escrita desta matéria, a Chainlink está cotada a R$ 84,72. A altcoin atingiu seu nível mais alto desde setembro deste ano.

A empresa de análise IntoTheBlock publicou na terça-feira (24) em seu Twitter alguns dados sobre o estado atual da LINK.

De acordo com a empresa:

“Os entusiastas da LINK voltaram? O preço da Chainlink atingiu seu maior preço desde setembro de 2020 e nossos indicadores estão mostrando um impulso positivo.

Por que?

Mais endereços lucrando em suas posições (87%);

A rede está crescendo mais rápido;

Mais dinheiro entrando neste mês.”

Nota-se que os indicadores apontam para um futuro positivo da LINK.

O trader Scott Melker afirmou que está guardando LINK para o longo prazo. Segundo Melker, a decisão tem sido lucrativa.

“Minhas posições em longo prazo da LINK estão rendendo.”

O trader havia compartilhado na noite de segunda-feira (23) que, caso a LINK rompesse a marca de US$ 15,30, a criptomoeda avançaria bruscamente.

A previsão se confirmou, e a análise gráfica de Melker mostra a LINK buscando a marca dos US$ 17 até o fim de novembro.

Em outras palavras, a altcoin faria suporte em pelo menos R$ 91. Considerando o suporte em R$ 91, nada impediria que a LINK buscasse os R$ 100.

Grande valorização

O analista Michaël van de Poppe indicou um fato importante sobre a LINK.

Desde o pico da criptomoeda em 2017, a Chainlink valorizou 10 vezes.

“Eu gostaria que vocês observassem o gráfico da LINK, preferencialmente em relação ao dólar.

Se você voltar, você pode ver quão pequena ela era em 2017.

Sim, a LINK atualmente está 10 vezes acima do seu pico de 2017. Nós iremos até aí com o mercado de criptomoedas no geral.

Aproveitem o passeio.”

Fonte: Chainlink valoriza 14% e pode romper os R$ 100, indica analista (criptofacil.com)

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − cinco =