PayPal afirma que 17% de seus usuários já compraram Bitcoin

A alta do Bitcoin em novembro e seu consequente valor em dezembro pode ter um único nome: PayPal.

Isso porque desde que o gigante de pagamentos anunciou a aceitação de criptomoedas, o preço do Bitcoin saiu de US$ 10 mil para US$ 19 mil. Destaca-se que esse crescimento ocorreu em menos de um mês.

Além disso, uma nova pesquisa sugere que uma parte significativa dos usuários do PayPal já está aproveitando o suporte para criptomoedas.

O banco de investimento Mizuho Securities USA afirma ter entrevistado 380 usuários do PayPal nos Estados Unidos. O objetivo da pesquisa era determinar seu nível de interesse dos entrevistados em usar a plataforma para comprar Bitcoin.

Portanto, segundo a pesquisa, 17% dos entrevistados disseram que já compraram BTC usando o PayPal.

A gigante mundial de pagamentos estaria mantendo uma forte demanda de compra de Bitcoin em sua plataforma. E isso estaria impactando no preço global do Bitcoin.

Bitcoin no PayPal

Uma das perguntas da pesquisa era sobra a possibilidade de gastar os BTC para comprar bens e serviços nos 28 milhões de comerciantes do PayPal.

Sobre isso, 65% dos que já negociaram BTC na plataforma disseram que consideram fazer isso.

Outro dado importante é que as pessoas que usam o PayPal para negociar Bitcoin estão usando a plataforma a uma taxa três vezes maior do que os usuários que não estão negociando a maior criptomoeda.

Portanto, isso indica que o PayPal pode se tornar no futuro a maior empresa de Bitcoin do mercado. Assim, superando corretoras como Binance, Okex, Bitfinex e outras.

Nesse sentido, o analista sênior da Mizuho, ​​Dan Dolev, acredita que a adoção da criptomoeda pelo PayPal poderia levar a um crescimento de 20% na receita no próximo ano.

PayPal e as criptomoedas

O PayPal começou a permitir que os usuários dos EUA comprassem Bitcoin, Ethereum, Bitcoin Cash e Litecoin em 13 de novembro.

É possível comprar até US$ 15.000 em criptomoedas por dia, com um limite de US$ 20 mil por semana.

O PayPal estenderá seus serviços de criptomoedas à Venmo no primeiro semestre de 2021.

Da mesma forma, a empresa está trabalhando com a Paxos Trust Company. O objetivo é habilitar serviços de negociação e custódia de criptoativos na plataforma.

Fonte: https://www.criptofacil.com/paypal-afirma-que-17-de-seus-usuarios-ja-compraram-bitcoin/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + 8 =