Mineração de Bitcoin crescerá nos EUA e Canadá em 2021

  • por

A Riot Blockchain, uma pool de mineração localizado nos Estados Unidos, anunciou a compra de cerca de 15.000 equipamentos ASIC para instalação em meados de 2021.

Da mesma forma, a canadense Bitfarms pretende seguir os mesmos planos de expansão e renovação de equipamentos. Para isso, adquiriu 3.000 equipamentos de mineração para o novo turno de trabalho que começará no próximo ano.

Assim, ambas as aquisições demonstram o interesse das mineradoras estadunidenses em continuar expandindo seus negócios. Dessa forma, tornando-se um território cada vez mais povoado pelo ecossistema Bitcoin.

Além disso, o sucesso que o Bitcoin teve ao longo de 2020 parece ser o incentivo para esses pools apostarem em um maior crescimento.

Mineração de Bitcoin

A Riot Blockchain informou ter investido cerca de US$ 35 milhões em um lote de mineradores da Bitmain. Ao todo, foram adquiridos 12.000 S19 J Pro e 3.000 S19 Pro.

Os equipamentos chegarão em maio de 2021 e têm sua implantação programada para outubro do mesmo ano.

Pelos cálculos da empresa, a incorporação desse equipamento aumentará em 65% o índice de hash processado pelo pool.

Com isso, a instalação passará de uma potência energética de 2,3 EH / s para 3,8 EH / s. Paralelamente, o consumo de energia ficará em 120 MW após a instalação.

A empresa acrescentou que a eficiência energética de toda a pool será de 31,79 ±% 5 joules por tera hash (J / TH).

Para realizar esta compra, a Riot Blockchain afirmou que não teve que incorrer em qualquer dívida de longo prazo. Afinal, tudo foi financiado com capital de giro disponível.

Jeff McGonegal, diretor executivo da Riot, disse que eles estão trabalhando para expandir ainda mais suas instalações à luz do aumento no preço do Bitcoin e de sua demanda.

Canadá

Já no Canadá, razões semelhantes motivaram o pool Bitfarms a adicionar novos equipamentos de mineração às suas instalações.

“A procura de Bitcoin nunca foi tão elevada e o preço ultrapassou recentemente os US$ 24.000. Devido a estas condições consideramos que é de responsabilidade das mineradoras ter maior capacidade de resposta”, disse a empresa.

Levando isso em conta, a Bitfarms, uma das maiores mineradoras do Canadá, acaba de implantar cerca de 1.000 novas WhatsMiner M31S.

Além disso, a empresa também comprou adicionalmente 3.000 Whatsminer M31S ​​da marca MicroBT, que esperam ser entregues em fevereiro de 2021.

Fonte: https://www.criptofacil.com/mineracao-de-bitcoin-crescera-nos-eua-canada-2021/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 1 =