China lança oficialmente rede estatal de blockchain monitorada pelo governo, a BSN

  • por

No dia 25 de abril foi lançada oficialmente pela China a Blockchain Services Network (BSN), uma aliança da indústria de blockchain coordenada pelo governo central do país. A BSN é um serviço construído em conjunto pela China Mobile, China UnionPay e outras empresas chinesas sob a orientação do Centro Nacional de Informações, que visa construir uma rede de infraestrutura global usada para implantar e executar vários aplicativos blockchain.

A BSN será uma rede blockchain oficial do Governo chinês que permitirá que diversas empresas lancem aplicativos e serviços baseados na tecnologia usando a rede. Contudo, todo o acesso ao gateway será controlado pela China.

O ecossistema da BSN consiste em cinco partes: provedor de serviços em nuvem, provedor de arquitetura subjacente, provedor de portal, desenvolvedor e parte de operação e manutenção.

Após a adoção comercial formal, o preço da BSN é composto por TPS (poder de computação), armazenamento e tráfego. É adotado um modelo integrado de pré-pagamento e pós-pagamento para fornecer aos clientes um mecanismo de precificação preciso e sob demanda.

A BSN implantou 128 nós em cidades públicas no mundo, dos quais 76 já estão ativos na China, 44 estão em construção e oito já estão ativos no exterior, cobrindo Ásia, Europa, América do Norte, América do Sul, África e Oceania. Os provedores de serviços em nuvem incluem China Mobile, China Telecom, China Unicom, AWS, Baidu Cloud e Azure.

“O projeto de construção da BSN é enorme e precisa de otimização contínua. Espera-se que haja uma interação a cada trimestre e a próxima atualização de versão será no final de julho, incluindo principalmente o lançamento do Hyperledger Fabric (versão de segurança nacional); a adaptação da estrutura do Baidu XuperChain; o mecanismo de gerenciamento da cadeia de consórcios entre portais; o mecanismo de interfuncionamento de nós fora da rede BSN; o aumento e otimização para gerenciamento de rede de nós urbanos; o monitoramento e otimização em tempo real da operação geral da rede BSN”, disse o presidente da BSN, Shan Zhiguang,

Ainda segundo Zhiguang, o objetivo da BSN é se tornar a “Internet blockchain“. Para isso, ele explicou que a rede, embora coordenada e monitorada pelo governo, pertence a toda a sociedade: “Não visa um lucro, apenas um certo custo para manter a operação de todo o sistema.”

Fonte: https://www.criptofacil.com/china-lanca-oficialmente-rede-estatal-blockchain-monitorada-pelo-governo-bsn/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=social&utm_campaign=facebook

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − 4 =