Navegador Brave lança chamadas de vídeo criptografadas antes do zoom

  • por

Brave, o navegador da Web voltado para a criptografia e para a privacidade, lançou videochamadas no navegador com criptografia de ponta a ponta.

O serviço de vídeo criptografado, apelidado de ‘Brave Together’, pode ser usado para fazer chamadas de vídeo criptografadas ilimitadas com dois participantes. Todos os usuários do Brave podem acessar o recurso, sem a necessidade de inscrição na conta.

O Brave revelou que a videoconferência que suporta mais de dois participantes está sendo testada no Brave Nightly – a versão de desenvolvimento do navegador.

O Brave Together é baseado no software de vídeo criptografado de código aberto Jitsi – que foi usado por Edward Snowden em 2017.

Picos de demanda de software de videoconferência

A mudança ocorre após uma explosão no uso de softwares de videoconferência em meio à pandemia e ao lockdown do COVID-19, com o Zoom vendo um enorme aumento no uso.

No entanto, o Zoom recebeu críticas sobre privacidade e segurança, com as reuniões pelo zoom emergindo como um fenômeno desenfreado durante o bloqueio. Em abril, um memorando interno revelou que a empresa SpaceX de Elon Musk havia proibido seus funcionários de usar o software de videoconferência devido a “preocupações significativas de privacidade e segurança”.

O Zoom também introduzirá criptografia de ponta a ponta para proteger seus 300 milhões de usuários diários nesta semana.

Adoção do Brave cresce

Cofundado pelo criador do Javascript e ex-CEO do Mozilla, Brendan Eich, o Brave paga a seus usuários o Basic Attention Token (BAT) pela visualização de anúncios. Ele obteve ganhos constantes na adoção nos últimos meses. O diretor de marketing da empresa, Des Martin, twittou que a plataforma superou um milhão de novos usuários apenas em março.

Apesar da forte aceitação, o CEO do Brave, Brendan Eich, observou recentemente que apenas uma pequena porcentagem de seus usuários aproveita ao máximo os recursos de privacidade do navegador. Até o momento em que este artigo foi escrito, mais de 662.000 criadores de conteúdo se inscreveram no programa de editores do Brave. 53% dos editores do Brave operam no Youtube.

Fonte: https://cointelegraph.com.br/news/brave-browser-launches-encrypted-video-calls-before-zoom

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + oito =