Proposta para tornar o Bitcoin mais rápido entra em fase de testes

A liberação de uma prévia do UTreeXO, uma tecnologia proposta para escalar o Bitcoin, foi anunciada nessa quarta-feira, dia 22 de julho. A proposta visa diminuir os requisitos de armazenamento de saídas não gastas (UTXO).

Assim, Thaddeus Dryja, coeditor do white paper da rede Bitcoin Lightning e criador da proposta, anunciou o lançamento do UTreeXO através de uma publicação no Medium.

UTreeXO

Dryja resume a proposta do UTreeXO como uma tecnologia para dimensionar o Bitcoin. Segundo ele, tecnologia “pode ​​tornar os nós do Bitcoin menores e mais rápidos, mantendo a mesma segurança e privacidade dos nós completos”.

Em seu texto, o também pesquisador do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) explicou a proposta:

“O software atual é uma demonstração da tecnologia e uma prova de conceito de que uma carteira pode trabalhar”, disse.

No entanto, ele acrescentou que, apesar do lançamento, no momento não há carteira nem é possível fazer transações no Bitcoin com o UTreeXO.

Testnet

O criador do UTreeXO, Thaddeus Dryja, destacou que o software em questão também funciona em testnet, a rede de teste do Bitcoin. Por outro lado, ele observou que seu uso por dinheiro real não é recomendado.

“Ainda existem muitos bugs e ineficiências conhecidas no código, mas estamos melhorando rapidamente”, ressaltou.

Calvin Kim, um dos principais desenvolvedores do projeto, explicou os principais benefícios que essa tecnologia traz. Portanto, de acordo com o texto, a proposta apresenta “um novo modo de nó completo em alguns kilobytes que sincroniza tão rápido quanto um SSD em um disco rígido”.

Segundo Kim, a tecnologia fortalece a segurança, tornando o mecanismo de consenso independente da implementação do banco de dados.

Por fim, Kim ressalta que, para que essa tecnologia chegue ao Bitcoin, não é necessário um fork

Além disso, a diminuição do requisito de armazenamento dos UTXOs pode facilitar a instalação de nós completos em thin clients, como equipamentos móveis.

UTXOs representam Bitcoins não gastos (ou suas frações) associados a um endereço. Portanto, eles são os que registram o saldo disponível nos endereços Bitcoin.

Fonte: https://www.criptofacil.com/proposta-para-tornar-bitcoin-mais-rapido-entra-fase-testes/?utm_source=dlvr.it&utm_medium=social&utm_campaign=facebook

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × cinco =