Irmãos Winklevoss acreditam em bitcoin a US$ 500 mil devido a inflação gerada por BCs

Os irmãos gêmeos do Facebook, Tyler e Cameron Winklevoss, também conhecidos por possuírem grandes investimentos no mercado de criptomoedas, acreditam que a fraqueza do sistema financeiro dos EUA pode impulsionar o bitcoin para um dia chegar a US$ 500.000 por moeda.

Em uma publicação na quinta-feira (28) no blog da Winklevoss Capital, os dois irmãos, que também são donos da exchange Gemini, comentaram sobre os problema de fundamento do ouro, petróleo e dólar americano, apesar dos seus fortes históricos como reserva de valor.

Para eles, o problema já vinha acontecendo desde antes do coronavírus, mas se agravou nos últimos meses. Os gêmeos apontam para os trilhões de dólar imprimidos pelo Banco Central Americano e também para o subsídio ao crédito com o próprio Banco Central comprando dívidas do Tesouro. O que, segundo eles, inevitavelmente leva à inflação.

Além disso, a chegada da epidemia de coronavírus também deve aumentar a relação dívida/PIB dos EUA mais este ano do que nos últimos 10 anos.

Fonte: https://portaldobitcoin.uol.com.br/irmaos-winklevoss-acreditam-em-bitcoin-a-us-500-mil-devido-a-inflacao-gerada-por-bcs/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 12 =