Traders dizem que Bitcoin agora enfrenta dois cenários possíveis: US$ 16.000 ou US$ 9.600 – Aqui está o motivo

O preço do Bitcoin (BTC) caiu mais de 6% nos últimos três dias e com o vencimento dos futuros de Bitcoin de US$ 276 milhões da CME se aproximando em 28 de agosto, os traders estão nervosos com a possibilidade de quedas adicionais.

Após a rejeição do Bitcoin em US$ 12.500, os traders preveem dois cenários principais acontecendo no curto prazo.

Alguns analistas técnicos acreditam que o Bitcoin está indo para US$ 16.000 ou US$ 9.600 primeiro, mas o resultado a curto prazo permanece incerto, pois depende de certos níveis de resistência e suporte serem atingidos.

Traders esperam US$ 16.000 ou US$ 9.600

De acordo com o trader Byzantine General, o Bitcoin (BTC) pode subir para US$ 16.000 ou cair para US$ 9.600.

Se o gráfico semanal do BTC fechar acima de US$ 11.500, o trader disse que as chances de o BTC subir para US$ 16.000 aumentam. Se o preço permanecer abaixo de US$ 10.500, o trader disse que US$ 9.600 é o suporte lógico. Ele escreveu:

“Vamos manter as coisas simples. 11500 nível-chave. Se fechar semanalmente acima -> 16k. Se fechar abaixo -> 10,5k ‘suporte óbvio’.

XBT/USD 1-week chart. Source: TradingView

Gráfico XBT / USD 1 semana. Fonte: TradingView

Outra razão convincente para os traders esperarem um breve retrocesso para a área de US$ 9.600 a US$ 9.700 é devido a um gap (lacuna) da CME. Essas lacunas se formam no gráfico do mercado futuro de Bitcoin da CME porque o mercado regulamentado fecha durante o fim de semana.

Uma lacuna da CME normalmente é fechada em um curto período de tempo, e isso aumenta as chances de uma queda. Há também uma pequena lacuna da CME em US$ 16.000, mas apenas em um gráfico de período de tempo inferior em que a lacuna já existia há anos.

No curto prazo, outro analista de criptomoedas chamado Mayne, disse que os ‘bulls’ do Bitcoin precisariam recuperar US$ 11.700. A falha em recuperar este nível de resistência mais alto pode resultar em uma fase de consolidação estendida. O analista observou:

“Aqui está o que você não quer ver como um ‘bull’, preço com uma falsa quebra alta e agora descendo a ladeira. Os 2 últimos movimentos para cima parecem retestes claros de baixa. Espere que as vendas acelerem em breve. Os ‘bulls’ precisam entrar e recuperar US$ 11.700.”

A ação de vender as notícias ampliou a queda

Em 27 de agosto, o preço do Bitcoin subiu brevemente para US$ 11.600 após o discurso do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, sobre a inflação. Durante a preparação para o discurso, muitos investidores esperavam que o ouro e o Bitcoin se beneficiassem do discurso de Powell sobre o controle da taxa de inflação.

Mas logo após o término do discurso, o preço do BTC imediatamente caiu de US$ 11.600 para US$ 11.125 na Coinbase. Como relatou o Cointelegraph, pode ter sido a confluência dos preços de mercado no simpósio de Jackson Hole e a taxa de inflação abaixo do esperado.

A queda devido a venda de notícias nos mercados de Bitcoin e ouro intensificou ainda mais a tendência de baixa, fazendo com que o Bitcoin retornasse aos níveis do início de agosto.

A queda acentuada no preço do BTC nos últimos três dias também quebrou a estrutura de mercado de alta de curto prazo, cancelando os padrões de baixa e alta mais altos.

Resta saber se a alteração desta tendência vai levar o BTC para o cenário de baixa, de uma nova visita à faixa de preços de US$ 9.600 a US$ 10.500.

Fonte: https://cointelegraph.com.br/news/traders-say-bitcoin-now-faces-2-main-scenarios-16k-or-96k-heres-why

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + dezenove =