Desenvolvedores do Ethereum tentam resolver problemas de altas taxas

Os desenvolvedores do Ethereum estão voltando seu foco para a versão atual da rede. Essa mudança ocorreu após a explosão nas taxas de Gas, ocorrida nas últimas semanas.

As taxas médias da rede chegaram a US$ 15,21 (R$ 80,00) na quarta-feira (2). A alta foi de impressionantes 660% acima dos US$ 2,00 (R$ 10,00) do mês anterior.

A mediana das taxas também aumentou. Foram quase 900% no mesmo período, chegando a US$ 8,95 (R$ 45,00).

Fees da rede Ethereum
Fees da rede Ethereum

Além disso, um dia após o CriptoFácil reportar sobre novos recordes, as taxas médias voltaram a crescer. Elas aumentaram outros 24% e as taxas médias aumentaram 37% na quinta-feira (3).

Desenvolvedores correm para reduzir taxas

O aumento nas taxas está sendo impulsionado pela popularidade explosiva de aplicativos de finanças descentralizadas (DeFi). Esses protocolos são predominantemente construídos no Ethereum.

Por isso, a equipe de desenvolvedores resolveu reduzir o foco no próximo lançamento do Ethereum 2.0. Agora, a meta principal é lidar com o crescimento exponencial das taxas.

Em uma tentativa de melhorar as taxas crescentes, o cofundador do Ethereum, Vitalik Buterin, divulgou uma Proposta de Melhoria Ethereum (EIP) na terça-feira (03).

EIP 2929 propõe tornar certos contratos pesados mais caros por um fator de três. Ou seja, as taxas seriam triplicadas para esses contratos.

Os contratos afetados seriam aqueles que atualizam o estado Ethereum, incluindo alguns aplicativos. Buterin alertou que a proposta poderia quebrar alguns contratos inteligentes já operando no Ethereum.

Ao mesmo tempo, ele acrescentou que os desenvolvedores “tiveram anos de advertência” sobre possíveis mudanças.

Alteração requer consenso

No entanto, a aprovação da EIP requer consenso da comunidade Ethereum. Assim como no Bitcoin, esse processo pode levar semanas ou meses.

Outras soluções de escalabilidade, como o Sharding, também permanecem no horizonte distante.

Por enquanto, os desenvolvedores individuais precisam incorporar suas próprias soluções de dimensionamento individuais, disse Hendrik Hofstadt, fundador da firma de apostas Certus Oneit.

“Acho que a dor agora é grande o suficiente para levar as pessoas a agirem mais rapidamente com as soluções L2 (camada 2)”, acrescentou.

A Tether, por exemplo, anunciou a migração de sua blockchain para a OmiseGo (OMG) no mês passado. A medida foi tomada justamente para escapar das altas taxas cobradas no Ethereum.

As transações da stablecoin no Ethereum consomem a segunda maior quantidade de taxas, atrás apenas da Uniswap.

Fonte: https://www.criptofacil.com/desenvolvedores-ethereum-tentam-resolver-problemas-altas-taxas/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =