Hackers tentam invadir carteira de Bitcoin com mais de US$ 690 milhões há dois anos – sem sucesso

Uma carteira de Bitcoin com mais de US$ 690 milhões tem sido alvo de uma campanha de hackers do mundo todo há dois anos, segundo o portal português Exame Informática.

Em dois anos de tentativas, os hackers já empregaram uma série de táticas de invasão na tentativa de desvendar as chaves da carteira, sem sucesso.

A carteira, disponível no endereço 1HQ3Go3ggs8pFnXuHVHRytPCq5fGG8Hbhx, já foi anunciada no fórum hacker RaidForums como um potencial alvo pasa invasões.

O especialista em cibersegurança Hudson Rock publicou no Twitter:

“Olhem isso – há uma carteira com 69.000 BTC que tem sido compartilhada entre hackers pelos últimos dois anos para crackearem o password, sem sucesso até aqui”

A revista Motherboard também falou sobre a carteira milionária:

“Roubar carteiras de Bitcoin a vítimas em todo o mundo é um objetivo comum entre os cibercriminosos. As carteiras estão protegidas por passwords fortes e se um criminoso obtém uma carteira que não consegue desbloquear, vende-a a crackers oportunistas que são indivíduos com grande poder de processamento gráfico disponível (…) Esta carteira em concreto parece estar a circular há algum tempo, sem que alguém tenha tido sorte”

Os fundos milionários, porém, podem ser ilusão. O serviço de recuperação de senhas de carteiras Dave Bitcoin lembra que “é possível adulterar um ficheiro de carteira de Bitcoin de modo a parecer que contém um saldo elevado”. O saldo, portanto, pode ter sido maquiado justamente para atrair os hackers.

A verdade, porém, só é conhecida pelo proprietário da carteira de BTC, que usa algoritmos AES 256 CBC e SHA-512, que dificultam os ataques massivos de invasão.

Fonte: https://cointelegraph.com.br/news/hackers-try-to-break-into-bitcoin-wallet-with-more-than-690-million-for-two-years-without-success

Marcações:

1 comentário em “Hackers tentam invadir carteira de Bitcoin com mais de US$ 690 milhões há dois anos – sem sucesso”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 − 2 =