Mineração em alta: Bitcoin atinge novo recorde de hash rate

  • por

Bitcoin registrou uma nova marca histórica esta semana.

Isso porque a principal criptomoeda do mercado atingiu um novo recorde em seu hash rate.

O evento foi acompanhado por novas oscilações no preço do BTC que vinha enfrentando dificuldades para se manter acima de R$ 55 mil.

Hash rate bate novo recorde

De acordo com dados da Glassnode, a nova alta levou o hash rate do BTC a 151,24 EH/s.

Esse novo recorde de capacidade de computação também indica o nível de segurança da rede. Portanto, o aumento sugere que setembro pode ser o início de um período de maior atividade para os mineradores de Bitcoin.

Por outro lado, note-se que o próximo ajuste de dificuldade ocorrerá em três dias. Então, provavelmente, o mercado vai ver uma diminuição em equipamentos que não têm poder de mineração suficiente.

Ou seja, devem ser desligados os equipamentos que não são mais lucrativos para operar em níveis tão altos de dificuldade.

Uso de ASIC

Em relação ao aumento da taxa de hash, existem dois fatores que têm sido decisivos ao longo do tempo.

O primeiro é o lançamento de novos equipamentos para mineração. Já o segundo diz respeito à mineração em massa de Bitcoin como modelo de negócio. 

Nesse sentido, como mostram os dados do Índice Hash rate, os ganhos diários do mineradores para cada TH/s investidos na rede Bitcoin diminuíram 19,62% entre 18 de agosto e 15 de setembro. 

Esse fato está relacionado ao aumento progressivo da taxa de hash no último mês. Isso significa que há mais mineradores competindo entre si pela recompensa da mineração. 

Saindo da China

Jhonson Xu, analista da agência de dados Tokeninsight, comentou no início deste ano que as empresas de mineração também estão procurando sair da China.

“Pools de mineração começam a construir as suas infraestruturas fora da China, particularmente na América do Norte desde 2019.” 

Um destes exemplos é o Marathon Patent Group. A empresa tem comprado instalações nos Estados Unidos e já tem capacidade de 1.634 PH / s de taxa de hash.

Além disso, há a expectativa de aumentar sua capacidade de 15 MW para 45 MW nos próximos meses.

Fonte: https://www.criptofacil.com/mineracao-alta-bitcoin-atinge-novo-recorde-hash-rate/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 4 =