Ministério Publico Federal participará de evento promovido pela Interpol sobre crimes com Bitcoin

O Ministério Publico Federal participará de uma série de encontros onlines, realizados pela Interpol, sobre crimes virtuais inclusive os praticados com Bitcoin.

A proposta é que os servidores federais que participem dos encontros possam aprimorar sua capacitação sobre o tema.

Assim a Secretaria de Cooperação Internacional do MPF informa a membros e servidores que o Escritório do Programa de Crime Cibernético do Conselho da Europa, por meio do Projeto Ação Global sobre Crime Cibernético Estendido (Glacy+), oferece uma série de seminários online gratuitos em setembro.

Portanto, como destaca o MPF, o objetivo é aprimorar em todo o mundo a capacitação de autoridades da Justiça Criminal (policiais, procuradores e juízes) sobre crimes cibernéticos e evidências eletrônicas.

Interpol

Os três primeiros encontros serão realizados pela Interpol e pelo Grupo Europeu de Treinamento e Educação em Crime Cibernético (Ecteg) de 21 a 24 de setembro, das 9h às 10h, horário de Brasília. Todos os eventos serão realizados em inglês e não haverá tradução simultânea.

Cena do Crime e Dados em Tempo Real

Este econtro será realizado no dia 21 de setembro e abordará vários aspectos que envolvem a cena do crime moderna, como rede, internet, computadores, telefones celulares, dispositivos IoT e ativos virtuais.

O webinar focará nos primeiros momentos em que os policiais chegam à cena do crime: o que preparar e esperar antes de chegar à cena, como interagir com as pessoas e os objetos na cena, como os dados em tempo real podem ser coletados.

Rede Móvel e Dispositivos

No caso deste webnar ele ocorrerá em 22 de setembro e terá foco em como uma rede móvel identifica os dispositivos e assinantes, como o dispositivo se comunica com as estações base (dispositivos de localização), os desafios dos dispositivos inteligentes, assim como as implicações das interações das equipes com os dispositivos na cena.

Apreensão de Ativos Virtuais (24)

O terceiro e último webnar da série ocorrerá em 24 de setembro e será focado na apreensão de ativos virtuais, como Bitcoin, e em que as equipes devem se concentrar na cena do crime para assumir o controle dos valores.

Segundo divulgou o MPF as inscrições devem ser feitas diretamente pelos interessados no site do Conselho da Europa.

As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição, estando sujeitas à capacidade de lotação. As pessoas que se inscreverem receberão email de confirmação um dia antes do webinar com instruções sobre como se conectar e as regras de participação.

Webinar global

Já em 30 de setembro, segundo o MPF, será realizado o webinar global Autoridades de Justiça Criminal e Provedores de Serviços Multinacionais: Aprimorando a Cooperação Público-Privada no Ciberespaço. Organizado em colaboração com o capítulo europeu do Grupo de Trabalho Anti-Phishing (APWG.EU).

Portanto o webinar busca promover a adoção de boas práticas de cooperação entre autoridades de Justiça Criminal e prestadores de serviços em investigações de crimes cibernéticos.

No webinar global também serão avaliados os desafios jurídicos, organizacionais, técnicos e culturais da cooperação público-privada.

O evento será das 12h às 14h, horário de Brasília, e os interessados devem se inscrever até 28 de setembro.

Fonte: https://cointelegraph.com.br/news/federal-public-ministry-will-participate-in-event-promoted-by-interpol-on-crimes-with-bitcoin

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 3 =