KuCoin recuperou 84% das criptomoedas roubadas após hack de US$ 280 milhões, diz cofundador

A exchange de criptomoedas KuCoin recuperou a maioria dos fundos perdidos em um incidente de hacking de US$ 280 milhões em setembro, segundo um executivo sênior.

Johnny Lyu, cofundador e CEO da KuCoin, anunciou em 11 de novembro que a exchange já recuperou 84% dos ativos roubados. Lyu disse que o processo de recuperação envolveu “rastreamento na cadeia, atualização de contrato e recuperação judicial”. Ele também observou que a exchange publicará mais detalhes sobre o reembolso assim que o caso for encerrado.

De acordo com Lyu, a KuCoin retomou os serviços completos da negociação de 176 tokens em sua plataforma. Ele disse que os serviços para as moedas restantes estão programados para serem reabertos antes de 22 de novembro. Como relatado anteriormente, a KuCoin tem um total de 230 ativos negociáveis ​​em sua plataforma.

Ao anunciar a notícia no Twitter, Lyu não especificou a quantidade exata de ativos perdidos no hacking. A KuCoin estimou inicialmente as perdas de usuários em US$ 150 milhões, enquanto a empresa de criptomoedas Chainalysis posteriormente estimou as perdas em US$ 275 milhões.

Lyu disse anteriormente ao Cointelegraph que a violação tinha afetado carteiras quentes contendo tokens Bitcoin (BTC), Ether (ETH) e ERC-20. Um grande número de tokens ERC-20 roubados foram posteriormente congelados por grandes projetos de criptomoedas em um esforço para evitar retiradas. No início de outubro, Lyu anunciou que os executivos da KuCoin conseguiram encontrar os suspeitos do hack com “provas substanciais disponíveis”.

Fonte: https://cointelegraph.com.br/news/kucoin-recovered-84-of-stolen-crypto-after-280m-hack-says-co-founder

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + dois =