Bitcoin fará correção, mas romperá os US$ 20 mil ainda em 2020

  • por

O preço do Bitcoin experimentou uma forte alta nas últimas semanas. Com isso, muitos investidores se mostraram empolgados com a possibilidade de uma nova alta histórica.

Para alguns analistas, isso deve ocorrer, mas não de imediato. O Bitcoin provavelmente fará uma pausa, mas deve superar sua máxima histórica no final do ano.

Analistas falam em impulso para novas altas

A avaliação é de Chris Thomas, chefe de ativos digitais do Swissquote Bank. Para ele, esta alta pode ocorrer no final de dezembro, assim como foi em 2017.

“O Bitcoin pode se consolidar por um curto período antes de subir no Natal”, disse Thomas.

Junto com Thomas está Patrick Heusser, negociador sênior de criptomoedas da Crypto Broker AG, com sede em Zurique. Hauser espera que o Bitcoin se consolide na faixa entre US$ 14 mil (R$ 75.600) a US$ 16 mil (R$ 86.400) nas próximas semanas.

No entanto, ele espera que a estabilização permita uma recuperação para as altcoins. De fato, muitas delas se desvalorizaram nos últimos dois meses, justamente por causa da alta do Bitcoin.

Outros sugerem que o Bitcoin pode estar caminhando para uma consolidação diferente. Ao invés dos níveis atuais, ela poderia ocorrer após uma correção no preço.

“O Bitcoin está sobrevalorizado depois de passar pela resistência crítica de US $ 14 mil. Isso sugere que podemos ver um período de correção e consolidação”, disse Joel Kruger, estrategista de câmbio da LMAX Digital.

Alta no curto prazo é possível?

Poucos analistas enxergam a possibilidade de ganhos relevantes ​​no curto prazo. O preço do Bitcoin teve uma forte alta de 60% nos últimos dois meses. Além disso, indicadores gráficos reduzem esta possibilidade.

Os Índices de Força Relativa (RSI, na sigla em inglês) de 14 dias e 14 semanas estão bem acima de 70.

Historicamente, isso indica condições de sobrecompra e uma possível consolidação ou pequena correção. O Bitcoin viu várias retrações de mais de 20% nos mercados em alta anteriores.

Desta vez, no entanto, uma grande redução parece provável. A liquidez do lado do vendedor parece ter secado com o aumento da participação institucional e a entrada de grandes investidores.

Ao mesmo tempo, parece haver um consenso de que as perspectivas de longo prazo do Bitcoin são otimistas. Diante disso, uma nova máxima histórica no final de dezembro não parece algo impossível.

Fonte: https://www.criptofacil.com/bitcoin-fara-correcao-mas-rompera-os-20-mil-dolares-ainda-2020/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 5 =