CEO da Binance elogia o mercado brasileiro de criptomoedas

  • por

O CEO da Binance, Changpeng Zhao — também conhecido como CZ —, elogiou o mercado brasileiro de criptomoedas em uma live.

Dessa maneira, o líder da Binance acredita que o Brasil é um dos mercados mais importantes do mundo para a sua empresa.

Além disso, vale ressaltar que a Binance é uma das maiores corretoras de criptomoedas da atualidade.

CZ Binance tece elogios ao mercado brasileiro

O CEO da Binance falou sobre a situação do mercado nacional em uma entrevista à Exame.

Ao participar do evento, o empresário ressaltou a importância do Brasil para a sua companhia:

“O Brasil é um mercado fundamental para nós. Esse é o maior mercado na América Latina e um dos lugares mais ‘quentes’ para as criptomoedas.”

CZ também se mostrou entusiasmado com a base de usuários brasileiros da corretora:

“Há uma adesão relativamente alta dos brasileiros às criptomoedas. Isso faz com que nós estejamos querendo aumentar a nossa participação nesse mercado. Queremos tornar o nosso produto mais localizado […] Estamos pensando em maneiras de melhor servir à nossa base de usuários brasileira”, ponderou o empresário.

Atualmente, os brasileiros podem fazer depósitos em reais diretamente no site da corretora, conforme noticiado pelo CriptoFácil.

Brasil tem interesse em criptomoedas

Os brasileiros são mais interessados em criptomoedas do que a média dos outros países.

Assim, uma pesquisa realizada pela Statista mostra que 18% dos brasileiros afirmou já ter tido contato com as criptomoedas.

Essa é a segunda parcela mais alta entre todos os países envolvidos na pesquisa, atrás apenas da Turquia (20%).

Com o percentual em questão, o Brasil demonstra mais familiaridade com as criptomoedas do que países como a China (11%), o Reino Unido (6%) e os Estados Unidos (5%).

Ademais, é importante ressaltar que as criptomoedas são mais populares em locais com a economia fragilizada e com um alto índice de inflação.

Logo, as cinco nações que encabeçam a pesquisa sobre as criptomoedas são países em desenvolvimento. No caso, a Turquia, o Brasil, a Colômbia, a Argentina e a África do Sul.

Fonte: https://www.criptofacil.com/ceo-binance-elogia-mercado-brasileiro-criptomoedas/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 12 =