Procura por Bitcoin pode aumentar com políticas de juros negativos

  • por

A era dos juros negativos no mundo atingiu uma nova marca histórica, e isso pode favorecer o Bitcoin. O valor dos títulos globais alcançou um novo recorde nesta semana.

O nível recorde de US$ 17,05 trilhões (R$ 92,07 trilhões) superou a alta anterior de US$ 17,04 trilhões (R$ 92,01 trilhões), alcançada em 2019.

Índice Global de Rendimentos Negativos
Índice Global de Rendimentos Negativos. Fonte: Bloomberg

Embora o aumento tenha sido mínimo entre os períodos, o número mais que dobrou nos últimos oito meses.

Esse valor é medido pelo Índice Global de Dívida de Rendimento Negativo, organizado pela Bloomberg e Barclays.

Entenda os juros negativos

Juros negativos são, na prática, um pagamento para investir. Isso significa que ao final do prazo do investimento, o investidor irá retirar menos dinheiro do que ele colocou.

Esse fenômeno tem crescido principalmente nas economias desenvolvidas. Por exemplo, na Europa os principais países estão com suas curvas de juros negativas. O Japão tem curva de juros negativas.

Juros pagos em títulos de 10 anos das principais economias do mundo
Juros pagos em títulos de 10 anos das principais economias do mundo. Fonte: FMI

Juros negativos podem beneficiar o Bitcoin?

O enorme estoque de títulos com retornos negativos pode ser ruim para os investidores. Mas isso também os estimula a buscarem ativos resistentes à inflação.

Neste cenário, ativos como o Bitcoin tendem a se beneficiar. Além de ser considerado uma proteção, a criptomoeda oferece alto potencial de valorização

Esses títulos não apenas geram perdas no vencimento, mas também o dinheiro recebido poderá valer menos em termos reais.

Afinal, as injeções de liquidez maciça dos bancos centrais podem desvalorizar bastante a moeda. Essa é a posição de Joel Kruger, estrategista da LMAX Digital.

“Quanto mais os bancos centrais imprimem dinheiro e empurram os rendimentos dos títulos para baixo para enfrentar o estresse contínuo na economia global, mais atraente se torna a economia em torno do Bitcoin”, disse.

Investidores de Bitcoin e empréstimos

Atualmente, várias empresas de capital aberto e grandes investidores diversificaram seus investimentos em Bitcoin este ano. E essa tendência não dá sinais de enfraquecimento.

Segundo John Ng Pangilinan, sócio-gerente da Signum Capital, investidores ávidos por rendimentos poderão recorrer ao Bitcoin como opção.

Ele também destacou que a compra de Bitcoin não será a única opção. Muitos desses investidores também poderão emprestar suas criptomoedas, obtendo rendimentos na operação

“Do nosso lado, estamos vendo um aumento no número de investidores que buscam obter rendimento com investimentos em Bitcoin”, disse.

Hoje, os investidores podem emprestar Bitcoin em várias exchanges. Nesta operação, eles conseguem ganhar taxas de juros significativamente altas, superando os rendimentos oferecidos por títulos do governo.

Segundo o agregador de dados DeFi Rate, muitos empréstimos podem oferecer taxas de até 9% ao ano.

Olhando para o futuro, o volume de títulos com juros negativos deve aumentar. Afinal, a atual crise exigiu ainda mais estímulos financeiros, o que derruba mais o preço desses títulos

Os bancos centrais têm pouco espaço para reduzir ou interromper as compras de títulos. Com isso, o Bitcoin pode ter um enorme campo aberto para crescer.

Fonte: https://www.criptofacil.com/procura-por-bitcoin-pode-aumentar-com-politicas-juros-negativos/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + 1 =