Hacker vira chefe de segurança do Twitter após incidente com Bitcoin

  • por

O Twitter acaba de contratar um hacker conhecido como “Mudge” para chefiar a segurança da empresa. A contratação ocorre após o incidente com golpes envolvendo Bitcoin.

Em 15 de julho, contas como a de Elon Musk, Bill Gates e Jeff Bezos foram invadidas e utilizadas para um golpe com Bitcoin (BTC).

Twitter contrata hacker para segurança

Peiter Zatko, programador por trás do pseudônimo Mudge, possui um longo histórico na área da segurança da informação.

Desse modo, ele trabalhou para o governo estadunidense em diversas ocasiões.

Além disso, Zatko prestou serviços para o DARPA, que é um departamento de pesquisa avançada do governo dos EUA na área da segurança nacional.

Agora, a missão do especialista será a de examinar a segurança da informação e a integridade da plataforma.

Para isso, ele conta com o apoio de Dan Kaufman, que foi seu chefe no DARPA:

“Não sei se alguém é capaz de ajeitar os problemas de segurança do Twitter. No entanto, ele [Zatko] estaria no topo da minha lista”, disse Kaufman em entrevista à NBC News.

Pode ser que a missão de Zatko seja complexa, já que um adolescente de 17 anos foi capaz de hackear o Twitter neste ano.

Golpes pedindo Bitcoin

As contas de diversas personalidades no Twitter foram invadidas em julho.

Entre as contas afetadas, estavam perfis da área da tecnologia, da música e da política.

Por meio do acesso quase irrestrito às contas oficiais, o jovem estadunidense Graham Ivan Clark pediu para que os usuários da plataforma enviassem BTC para um endereço de criptomoedas sob a promessa de devolver o dobro.

Naturalmente, o pedido se tratava de uma farsa e Clark conseguiu roubar US$ 121 mil em Bitcoin. Isso equivale a R$ 654.731 conseguidos em poucas horas pelo criminoso.

Após o evento, Clark foi preso pelas autoridades estadunidenses.

Apesar disso, a impressão pública de que a plataforma é insegura pode ter influenciado na contratação de Zatko.

Fonte: https://www.criptofacil.com/hacker-vira-chefe-seguranca-twitter-apos-incidente-com-bitcoin/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 4 =