Entenda o que pode estar por trás da queda do bitcoin

O Bitcoin despencou durante a madrugada desta quinta-feira (26), com o preço do Bitcoin caindo 11% nas últimas 24 horas, chegando a ser negociado abaixo dos US$ 17.000. No Brasil, o BTC chegou a ser negociado a R$ 89.755,92.

Nas últimas semanas, o mercado vinha de um forte movimento de alta. O Bitcoin aumentou de US$ 12.900 em 24 de outubro de 2020 para mais de US$ 19.000 em apenas um mês, fazendo as pessoas pensarem que um novo recorde histórico aconteceria nos próximos dias. Mas agora, os números estão indo na direção oposta.

“A queda de hoje parece ser uma correção temporária do nível de preço de US$ 20.000 e provavelmente foi causada pelo medo, incerteza e dúvida criada pelas notícias que surgiram no mercado”, disse Igor Runets, fundador e CEO da BitRiver, uma empresa que fornece soluções para mineração em grande escala, ao Decrypt.

Medo, incerteza e dúvida foram citados como causas para o crash do mercado por mais analistas, principalmente devido à barreira psicológica da marca de US $ 20.000.

“A alta histórica [de US$ 20 mil, em dezembro de 2017] é uma grande barreira psicológica – quebrá-la requer um forte impulso”, disse Jason Deane, analista de Bitcoin da Quantum Economics, ao Decrypt. Deane acrescentou que a “rejeição foi interpretada como um sinal de venda pelos traders em busca de lucro, levando a preços mais baixos e o reverso do efeito que acabamos de ver até que se iguale e tente novamente”.

Outra razão para a queda do preço do Bitcoin pode ser que o BTC estava sendo comprado em excesso. Em outras palavras, os compradores estavam ficando gananciosos. “Isso geralmente é classificado em um sinal de sobrecompra, que geralmente precede uma correção”, acrescentou Deane.

Embora o medo e a compra excessiva tenham desempenhado um papel na queda dos preços do Bitcoin, a OKEx – uma das maiores bolsas de criptomoedas do mundo – também pode ter desempenhado um papel importante.

“Dado o momento, a queda provavelmente foi acelerada pela retomada dos saques da OKEx,” Sui Chung, CEO da fornecedora de índices de criptomoeda CF Benchmarks, disse ao Decrypt.

Em outubro deste ano, a OKEx suspendeu todas as retiradas depois que o fundador da bolsa foi levado pela polícia. Hoje, os saques foram retomados, após relatos de que Mingxing Xu foi solto. Curiosamente, o preço do Bitcoin subiu quando os saques da OKEx foram suspensos e caiu logo depois que a OKEx voltou à normalidade.

“A maior parte do Bitcoin congelado foi negociado com alta de cerca de 70%, então havia muitos lucros não realizados presos lá”, disse Chung, acrescentando que “uma vez que essas moedas estivessem livres para se movimentar, é provável que muitos traders as vendessem por dólares e stablecoins para realizar esses ganhos, adicionando mais impulso às vendas. ”

Apesar da infinidade de razões para a queda dos preços, o Bitcoin pode estar passando por uma queda temporária.

Analistas ainda otimistas

O preço do Bitcoin pode ter caído significativamente no último dia, mas os especialistas do setor esperam que o preço siga em alta.

“Com um pouco mais de tempo para consolidar, a taxa de câmbio do Bitcoin aumentará muito”, acrescentou Runets.

Além do mais, alguns analistas Bitcoin suspeitam que essa queda de preço não espelhará o crash do mercado visto em 2017, argumentando que o Bitcoin está em um lugar melhor agora do que há três anos.

“Embora o preço mais alto de todos os tempos do Bitcoin alcançado em 2017 não tenha sido ultrapassado, a capitalização de mercado total do Bitcoin é muito mais alta, pois há significativamente mais Bitcoin em circulação.” Gunnar Jaerv, COO da First Digital Trust, disse ao Decrypt.

Além disso, Deane sugeriu que, embora o fundo “possa ser de US$ 14.000 ou US$ 15.000, eu não acho que iria diminuir neste estágio”.

Para muitos essa queda é natural, uma correção normal do mercado. “Acho que essa venda é saudável para o mercado, que está superaquecido e muito otimista há algum tempo”, disse Soravis Srinawakoon, CEO e cofundador da plataforma oracle de dados cross-chain Band Protocol, acrescentando que, “Como vimos em 2017 , nada pode subir em linha reta. ”

Fonte: Entenda o que pode estar por trás da queda do bitcoin | Portal do Bitcoin (uol.com.br)

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − dois =