CEO da MicroStrategy já foi hater do Bitcoin em 2013

A MicroStrategy se tornou um símbolo de interesse institucional do Bitcoin (BTC). A empresa foi a primeira listada na Nasdaq a comprar BTC.

Após a ação, outras empresas — como uma rede de restaurantes e a Square — também resolveram dar uma chance à criptomoeda. Até mesmo o CEO da MicroStrategy revelou ter mais de R$ 1 bilhão em BTC.

Contudo, nem sempre Michael Saylor teve uma visão otimista sobre a moeda digital. Em 2013, Saylor compartilhou em seu perfil no Twitter que os dias do Bitcoin “estavam contados”.

Empresário era hater

A publicação de Saylor foi desenterrada por entusiastas das criptomoedas.

Nela, o CEO da MicroStrategy manifestou sua falta de crença no BTC:

“Os dias do Bitcoin estão contados. Parece que é questão de tempo até que ele sofra o mesmo destino das apostas on-line.”

A mudança de Saylor foi drástica, tendo em vista seus investimentos pessoais e da MicroStrategy em BTC.

Nos comentários, alguns entusiastas das criptomoedas elogiaram o empresário por não apagar a publicação — deixando pública sua mudança de ideia.

Além disso, não só as apostas on-line e o BTC não desapareceram, como ambos cresceram — inclusive, o poker on-line impulsionou e tem impulsionado o criptoativo.

Críticos se arrependem

No Brasil, um caso recente de um “hater arrependido” é o do gerente de fundos de hedge Marcelo Lopez.

Em 2017, Lopez comparou o Bitcoin à “bolha das tulipas”, conhecido como primeiro caso de “bolha financeira” da história.

À época de sua crítica, o gestor ainda disse que “pelo menos as tulipas eram bonitas”. Usando o Twitter para se retratar, Lopez afirmou que o Bitcoin é “maravilhoso”.

O que faz Lopez mudar de ideia foram os investimentos de grandes investidores, como Paul Tudor Jones e Mike Novogratz.

Novogratz é CEO da Galaxy Digital e entusiasta ferrenho do Bitcoin. Tudor Jones, embora não seja tão extremo, recentemente teceu comentários positivos sobre o BTC e moedas digitais no geral.

Fonte: https://www.criptofacil.com/ceo-da-microstrategy-ja-foi-hater-do-bitcoin-em-2013/

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 12 =